10ª Conferência Municipal de Saúde de Gravatá apresenta prioridades escolhidas pela população nesta segunda (25)

Publicado em 25 de outubro de 2021, por Ana Paula Figueirêdo | Categoria: Destaque

Como demonstração da política democrática da gestão do prefeito Joselito Gomes, mais de 11 mil pessoas apresentaram as prioridades que deverão ser aplicadas na saúde do município 

A saúde de Gravatá é uma das maiores prioridades da gestão do prefeito Joselito Gomes e, em ato inédito, a população foi ouvida pela Secretaria de Saúde.

Após mais de onze mil escutas, tanto online, quanto presencial, inclusive com busca ativa em locais de grande circulação como a Feira Livre e o Mercado Público, foram escolhidas as prioridades que vão nortear o plano de saúde do município. 

O questionário foi dividido em vários eixos e os resultados da pesquisa foram apresentados, nesta segunda (25), no Portal de Gravatá, durante a 10ª Conferência Municipal de Saúde – Compromisso com o SUS e com a Saúde das Pessoas. 

As autoridades convidadas para o palco foram o prefeito de Gravatá, Joselito Gomes, a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude, Viviane Facundes, o secretário de Saúde, José Edson, os executivos, Frailan Mota e Maria Araújo, o coordenador de Atenção Primária em Saúde, Jairo Teixeira, os secretários municipais de Comunicação Social e Imprensa, Rodolfo Lima, de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, Lula do Padre, de Planejamento e Orçamento, Vital Medeiros, o controlador geral do município, Bruno César, além dos vereadores Cabritinha, Neném de Uruçu e Nego Suíno. 

Estavam presentes, também, o vice-prefeito de Gravatá, Júnior Darita, os secretários municipais de Governo, Júnior de Paulo, e da Mulher, Ester Gomes, e os vereadores Leandro do Transporte Alternativo e Zé da Saúde. 

O médico pediatra e aposentado pelo Ministério da Saúde, Paulo Dantas, foi convidado para realizar palestra magna no evento. Ele é uma referência em saúde no Brasil. Atualmente é assessor do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco (Cosems/PE), foi secretário de Saúde de Recife e de Olinda, participou da fundação do Cosems Pernambuco, cujo presidente atual é o secretário de Saúde de Gravatá, José Edson. Paulo Dantas foi também, o primeiro presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

 

Paulo Dantas disse que “eu vou trazer um pouco do meu aprendizado no SUS, mas vou carregar mais conhecimento pela bela experiência da Conferência Municipal de Saúde que vocês estão realizando. Acredito que é uma conferência marcante, histórica, e será exemplar para o Brasil inteiro. A temática sobre o compromisso com a saúde, compromisso com o SUS, é fundamentalmente um compromisso com a vida. Nós vamos discorrer e refletir um pouco sobre o trabalho que foi realizado no período de pré conferência e ao mesmo tempo a perspectiva do SUS, os seus desafios, suas dificuldades, na construção do que nós chamamos uma política de saúde extremamente avançada e que precisa se desenvolver, revitalizada”. 

 

O secretário de Saúde, José Edson, falou porque a gestão do prefeito Joselito Gomes teve essa iniciativa. “A nossa conferência de saúde é uma das maiores daqui do estado, para não dizer do Nordeste, e dessa conferência teve seu ponto importante que foi a participação do dr. Paulo Dantas. O ponto principal são as propostas que o povo fez: 11,3 mil pessoas participaram dando a sua opinião. A palestra vem nos inspirar para que a gente possa realmente tirar o melhor para Gravatá, não só na área da saúde e também outras áreas, porque o chamamento que ele fez aqui para a regionalização, que vai acontecer mais proximamente, que vamos precisar regionalizar também a saúde, porque o SUS é único em todos os lugares. O que nós não temos aqui, procurarmos em outros lugares, e o que os outros lugares não têm, procurarem em Gravatá. Essa troca é importante, porque o nosso sistema é único e universal. Estamos com essa alegria de participar desse momento tão importante para Gravatá, que é a 10ª Conferência de Saúde, que vai ensejar o feitio do Plano de Saúde de Gravatá para os próximos quatro anos”. 

 

O prefeito Joselito Gomes falou sobre a participação popular nas escolhas da Saúde do município. “Esse é um fato histórico, um trabalho importante, necessário, pois ouvindo a população você aprende mais e erra menos. O que nós queremos oferecer é um trabalho de qualidade à população. Ela apresenta suas necessidades, participa opinando e escolhendo as prioridades para juntos construirmos um caminho que deve resultar em oferecer o que de melhor for possível e assim o trabalho continua, porque nosso compromisso é com as pessoas”.

Antes do credenciamento, todos os participantes da conferência foram testados e receberam álcool 70 nos kits que foram disponibilizados e um intérprete de Libras ajudou na comunicação entre pessoas surdas e ouvintes através da Língua Brasileira de Sinais.   

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo 

Fotos: Marcone Barros (SECOM)

 


QUADRO DE AVISOS


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS