Após seis dias, prefeito padre Joselito recebe alta hospitalar

Publicado em 18 de agosto de 2021, por Ana Paula | Categoria: Coronavírus

O chefe do executivo de Gravatá precisou ficar na UTI Ana Delvair do Nascimento, no Hospital Municipal Doutor Paulo da Veiga Pessoa, para tratar da Covid-19 

Assim como tantos gravataenses que precisaram de um cuidado mais intensivo para tratar os sintomas da Covid-19, o prefeito padre Joselito também passou um período internado na UTI Ana Delvair do Nascimento para ter uma recuperação mais rápida.

Após o diagnóstico positivo e queda na saturação respiratória, o prefeito estava internado desde a última quarta-feira (21), somando seis dias distante da família e das atividades naturais da sua função, o que gerou muita expectativa nos amigos e moradores de Gravatá pelo retorno breve dele.

Nesta segunda-feira (26), dia da padroeira de Gravatá, o momento da saída da UTI e do hospital gerou grande emoção e alegria da parte de todos que puderam acompanhar mais esta vitória e como todos que vencem a doença, o prefeito padre Joselito saiu com a imagem da, Senhora Sant’Ana e com a placa que marca este momento na vida de todos que já passaram por isso: Eu venci a COVID-19.

Viviane Facundes, primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude de Gravatá, “A equipe começou primeiro cuidando de mim, porque eu estava tendo muitas dores no corpo e alguns sintomas de COVID, mas foi diagnosticado dengue. Então, eu passei uma semana sendo acompanhada pelos médicos e em seguida vieram os sintomas da COVID. Foi quando eu fiz o teste deu positivo. Eu fiquei isolada aqui em casa dentro de um quarto e com o passar dos dias Joselito apresentou sintoma de gripe e pedi para que fizessem um teste nele também e foi quando deu positivo, além da minha filha mais velha que também testou positivo. Imediatamente a gente começou o tratamento mais rigoroso que a equipe médica, com muita competência e cuidado conosco, veio aqui em casa mais uma vez e quando foi aferida a saturação do prefeito eu vi que ele não estava bem. E foi quando os médicos conversaram comigo para levá-lo ao hospital.

Viviane destacou o tratamento que é dispensado aos pacientes da UTI. “Ele foi muito bem cuidado e é bom pra gente saber que o que a gente oferece pra população é muito bom. Sabemos que estamos no caminho certo e a gente precisa usar aquilo que a gente está oferecendo pra população. A demonstração desse carinho, desse amor, pelas muitas mensagens, muitas orações, isso é um gás pra gente e nos dá muita força para continuar e a certeza de que estamos no caminho certo. Vamos fazer muito pela população de Gravatá que nos confiou este lugar. Eu agradeço a Deus primeiramente, que cuidou da saúde da nossa família e agradeço imensamente a população com esse carinho tão grande e maior ainda com nosso prefeito. Fico muito feliz e vou mandar um abraço do tamanho do Gravatá para toda população e dizer que essas pessoas também estão nas nossas orações. Muito obrigada a todos”.

Ana Araújo é diretora do Hospital Municipal Doutor Paulo da veiga Pessoa e fala sobre o diferencial da UTI Ana Delvair do Nascimento. “Desde o momento em que foi pensada UTI daqui do hospital já veio nesse desenho de uma leitura humanizada, que traz uma forma diferenciada no tratar com as pessoas, com os pacientes, por isso fazemos chamada de vídeo, recebemos as pessoas aqui na nossa recepção, que é aconchegante, e não damos tratamento diferente para nenhum paciente, pois todos são tratados com o mesmo carinho, mesmo cuidado, como o SUS nos pede em seus princípios. Ele é um sistema universal de todos e para todos e provamos isso quando tratamos o nosso prefeito aqui. Ele teve o atendimento igual a todos os gravataenses que passaram por aqui e os que também vieram de fora e tiramos de nós a essência do cuidado, do amor e do carinho e a gente escutou por todos que passaram, assim como o prefeito, que disse que até o cheiro dessa UTI é diferente, o tom da parede, a paz, o entrosamento da equipe. Nós estamos muito gratos por termos cuidado do nosso prefeito e de todos os pacientes que entram por essa porta e que a gente devolve a família”.

O diretor técnico e médico do Hospital Municipal Doutor Paulo da Veiga Pessoa, Eduardo Villabón, falou como foi o atendimento do prefeito. “No dia 21 de julho foi confirmado que o nosso prefeito Padre Joselito Gomes estava com toda os sintomas da Covid-19, o que foi confirmado com o exame e a gente orientou internamento para dar uma assistência junto com o doutora Esther e toda nossa equipe, conforme protocolo da Organização Mundial da Saúde (OMS), ao qual ele respondeu adequadamente. Diariamente nós liberamos boletins sobre a saúde do mesmo, onde percebia-se que a evolução dele era muito boa e com boa aceitação do tratamento, tanto que hoje nós pudemos dar alta hospitalar para alegria dos gravataenses”.

Após carreata até a casa onde mora, o prefeito falou: “Graças a Deus eu consegui superar o vírus, além da minha esposa e da minha filha, que estavam doentes também, e tantas outras pessoas, pois já esta semana mais cinco pessoas também receberam alta da UTI e está sendo muito positivo. No entanto, precisamos continuar com os cuidados básicos que já sabemos: usar máscaras, distanciamento, justamente para evitar o contágio, quanto mais evitar, melhor. Nossa luta deve ser para que tenhamos saúde e um serviço de saúde de qualidade e deixo aqui o meu respeito, reconhecimento e agradecimento a todos os profissionais da saúde, nossa equipe da Secretaria Municipal, todos que fazem a gestão, todo corpo de secretários, todos os amigos e amigas de Gravatá, de fora de Gravatá, que foram muitas as palavras, as orações, as demonstrações de carinho, de amor, de atenção, muitas autoridades também, então, o meu respeito e o reconhecimento. Muito obrigado e que Deus nos abençoe, vamos continuar salvando vidas!”.

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Nilson Silva (SECOM)

 


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS