Dentistas que atendem na Rede Municipal de Saúde de Gravatá passam por curso sobre lesões potencialmente malignas

Publicado em 01 de setembro de 2021, por Mathilde Souza | Categoria: Saúde

No treinamento, professor da UFPE abordou diagnóstico e conduta clínica que todo cirurgião-dentista precisa saber


A Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu curso, nesta quinta-feira (12), no auditório da secretaria, voltado para os dentistas que atendem na Rede Municipal.

O professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Gustavo Pina Godoy, foi o profissional convidado para ministrar o curso. Ele detalhou o treinamento. “Falamos sobre o câncer de boca e as lesões que antecedem a presença dessa lesão tão significativa que, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de boca vai estar entre os cinco mais comuns na população do sexo masculino e é muito relevante que a gente fale sobre isso, em especial para o cirurgião-dentista, que é o profissional que tem acesso direto à boca dos pacientes. Achei essa iniciativa da Prefeitura de Gravatá excelente e acho que outras gestões poderiam se espelhar nisso, tendo em vista que a gente precisa capacitar os nossos profissionais para atender melhor a população e trazer mais benefício para nossa sociedade. Quanto antes a gente diagnosticar o câncer, melhor os resultados para o paciente, menos gasto ao SUS”.

A coordenadora em Saúde Bucal de Gravatá, Patrícia Nogueira, foi a responsável pela articulação do curso, que teve a presença do coordenador de Atenção Primária em Saúde de Gravatá, Jairo Teixeira.

De acordo com a coordenadora, “este é um curso de atualização para os dentistas do nosso quadro municipal, para se atualizarem nas doenças características da boca e as pessoas que procuram suporte na Atenção Básica de Saúde serão atendidas por esses profissionais. Esse conhecimento faz com que a gente diminua a incidência de lesões não examinadas e potencialmente não tratadas, aumentando, inclusive, os casos de câncer de boca”.

O coordenador em Saúde Bucal do município de Chã Grande, Ademesiano Júnior, foi convidado para participar do treinamento. Ele opinou sobre a iniciativa da Prefeitura em proporcionar o curso. “Uma iniciativa ótima, pois não são todos coordenadores que têm essa intenção e ter essa capacitação é fantástico. Estão colocando em prática, inclusive,  uma solicitação do Ministério da Saúde, que é difícil realizar pela falta de tempo desse tipo de profissional, mas quando se quer, faz, como Gravatá está dando este exemplo”.

Atualmente, Gravatá conta com 19 profissionais da Atenção Básica que cuidam da saúde bucal dos moradores.

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Marcone Barros (SECOM) 


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS