Dentro do mês da Primeira Infância, Prefeitura de Gravatá encerra semana de minicursos

Tags:
Publicado em 09 de setembro de 2021, por Filipe Vasconcelos | Categoria: Assistência Social e Juventude

Oportunidade foi de aprendizado para a cooperação na educação e no cuidado com as crianças

 

 

Trabalhar temas voltados à primeira infância é fundamental para o desenvolvimento educacional e emocional do ser humano, pois nesta fase as crianças são como esponjas que absorvem toda e qualquer informação em seu contexto de convivência.

 

Pensando nisso e dentro do mês voltado a esta temática, a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Juventude, realizou, entre os dias 23 e 26 de agosto, uma série de minicursos voltados ao assunto. A ação integra a programação do mês da primeira infância de 2021.

 

 

O encerramento aconteceu no CRAS II, localizado no bairro Área Verde, sob o tema: “Como Trabalhar a Inclusão na Primeira Infância”, mote trazido para fazer com que as pessoas compreendam o processo de inclusão social das crianças com deficiência no ambiente escolar.

 

 

O público, formado por visitadores do Programa Criança Feliz, professores da rede particular de ensino e usuários, participou de um momento enriquecedor e esclarecedor sobre a inclusão durante três horas. A professora Marília Rodrigues participou de dois dos minicursos e relata a sua experiência. “Eu participei de dois cursos oferecidos pela Prefeitura de Gravatá, no qual o primeiro foi ‘A Importância do Brincar’, no que retrata as brincadeiras, onde a gente vai tirar as crianças da área tecnológica e trazer eles pra realidade, brincar o cotidiano, viver o seu dia a dia, e hoje estou participando do curso sobre a inclusão da educação especial, das crianças com necessidades especiais, no qual a gente vai aplicar na escola, com nossos alunos e tá sendo um curso muito proveitoso.”

 

A facilitadora deste último minicurso foi a coordenadora de Educação Inclusiva da Rede Municipal de Ensino de Gravatá, Amanda Monteiro, que destaca como o assunto foi abordado no minicurso. “Hoje estamos aqui para trabalhar a inclusão na primeira infância trazendo um tema tão pertinente, ainda mais que estamos vivenciando a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, então fui convidada pra trazer esse tema que é de grande importância e que vai agregar informações para os visitadores da primeira infância, para os pais dos usuários do Programa Criança Feliz, na medida em que nessas visitas vão poder estar identificando alguma criança que possivelmente tenha um comportamento que não é típico para aquela idade e possa estar encaminhando pra que a gente possa avaliar.”

 

 

Os temas abordados ao longo da semana, além do desta quinta-feira, foram “Cuidado com o Bebê”, no dia 23, “A Importância do Brincar na Primeira Infância”, no dia 24, “Outros Tempos, Outras Infâncias”, no dia 25.

 

Satisfeito com o aprendizado ofertado à população, o coordenador do Programa Criança Feliz, Josinaldo Leão, avalia que “está sendo de suma importância, porque é uma forma da gente conhecer esse processo de inclusão social, e como nós no Programa Criança Feliz temos usuários atendidos que são do BPC, que tem algum tipo de deficiência, e aí a gente está com esse processo de minicursos, e principalmente com esse, pra que a gente possa, assim que a gente chegue nas casas a gente possa saber como é que a gente vai trabalhar. Aqui nós temos usuários, visitadores e membros de escolas, diretores, professores. Hoje finalizamos esses minicursos para contribuir com o currículo de cada um.”

 

O encerramento do mês da Primeira Infância acontece na próxima segunda-feira (30), em solenidade para as pessoas que participaram dos eventos ao longo do mês.

 

Reportagem: Filipe Vasconcelos 

Fotos: Anderson Souza (SECOM)


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS