12º Festival Virtuosi Gravatá arrebata corações com terceiro dia de concertos

Tags: , , ,
Publicado em 21 de agosto de 2022, por Filipe Vasconcelos | Categoria: Cultura


Programação diurna e noturna trouxe a fina flor da música clássica aos gravataenses e visitantes

 

O espetáculo não pode parar e ele segue com harmonia, melodia e muito sentimento na Suíça Pernambucana. O Festival Virtuosi Gravatá proporcionou um dia de concertos arrebatadores no último sábado (20), com apresentações que prenderam a atenção do público do início ao fim.

 

 

 

Pela manhã foi a vez do pianista Luis Felipe de Oliveira dar seu show. Gravataense, o artista de 25 anos é bacharel em piano pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE e atualmente estuda na Academia Internacional de Música Aquiles Delle Vigne em Coimbra, Portugal. Com uma carreira ainda recente, Luis Felipe já conquistou prêmios importantes, a exemplo do 1º lugar no Piracicaba International Piano Concerto Competition (2017), 1º lugar no Mozart Special Prize (2022) e 1º lugar no 13º Concurso Internacional Piano Edna Basseti Habith, dentre outras.

 

 

 

 

À noite foi a vez do contratenor Edson Cordeiro encantar o público na Igreja Matriz de Sant’Ana. O consagrado artista trouxe peças que são amadas pelo público, como “Granada”, do compositor mexicano Augustín Lara, “Habanera” (da ópera Carmen), do compositor francês Georges Bizet, “Ave Maria”, de Johan Sebastian Bach e Charles Gounod. Acompanhado da Orquestra Jovem de Pernambuco, sob a regência do maestro Nilson Galvão, Cordeiro ainda fez uma homenagem aos compositores e cantores pernambucanos com a apresentação de “De Volta Pro Aconchego”, canção de Dominguinhos e Nando Cordel que compartilhou com as vozes da plateia.

 

 

 

O concerto da noite foi dedicado ao maestro Rafael Garcia e, antes da apresentação, foi exibido um breve documentário sobre sua vida que emocionou a todos os presentes. O maestro Nilson Galvão estava muito emocionado, pois foi aluno de Garcia e esteve à frente da orquestra no mesmo palco que seu mestre, homenageando-o. Para ele, “ninguém vai assumir, esse lugar é dele e eu fico grato que a professora Ana Lúcia tenha confiado em mim para reger esse concerto, mas de fato não tem como substituí-lo. O maestro tinha uma forma e um jeito que a gente não tem como substituir. Fico muito feliz, pois esse é um festival que tem uma importância muito grande, tem uma história muito importante pra mim.”

 

 

 

Encantado com o espetáculo, o vice-prefeito e secretário de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, Júnior Darita, ressalta que “é uma sensação de dever cumprido ver um espetáculo dessa magnitude aqui no Virtuosi, na Igreja Matriz de Gravatá, e juntamente com o prefeito Joselito Gomes nós tivemos a grande satisfação de receber esse espetáculo de volta e democratizar a arte erudita, fazendo com que as pessoas se emocionem, aplaudam. O show foi épico.”

 

A programação segue para o último dia, no domingo, com o grupo Flauta de Bloco, às 11h.

 

Esteve presente o chefe de Gabinete Lucas Noia.

 

Reportagem: Filipe Vasconcelos

Fotos: Ednaldo Lourenço e Nilson Silva (SECOM)


DESTAQUES


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS