Gravatá recebe Centro de Estudos Ibero-Brasileiro Antônio Campos

Publicado em 18 de agosto de 2021, por Ana Paula | Categoria: Cultura

O equipamento cultural está instalado dentro do Instituto Asa Branca, no município do Agreste pernambucano

Na tarde deste domingo (25), Dia Nacional do Escritor, o Centro de Estudos Ibero-Brasileiro Antônio Campos foi inaugurado no município de Gravatá. Participaram da solenidade a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude, Viviane Facundes, e o chefe de gabinete, Lucas Noia. No ato, a primeira-dama e o chefe de gabinete representaram o prefeito Padre Joselito, que se encontra em recuperação após contrair a Covid-19.

Sediado dentro do Instituto Asa Branca, o equipamento cultural foi entregue com cerca de oito mil títulos e trezentos mini quadros, que fazem parte da coleção de Antônio Campos, escritor, advogado, membro da Academia Pernambucana de Letras e presidente da Fundação Joaquim Nabuco. O curador do Centro de Estudos, Antônio Campos, ofereceu palestra ao público presente sobre Maximiano Accioly Campos.

Intitulada de “Maximiano Campos, o escritor e sua atualidade nos 80 anos de seu nascimento”, o presidente da Fundaj abordou a grandeza das obras de seu pai, que foi considerado como um dos dez maiores contistas do país. O escritor faleceu em agosto de 1998. Na ocasião, também foi celebrado o legado do escritor norte-americano Ernest Hemingway, que em 2021, completou-se 60 anos de sua morte.

Campos falou sobre a importância do Centro de Estudos para a sociedade: “Que este espaço propicie encontros, palestras e festivais, e em parceria com a Prefeitura, que possa ser mais um equipamento cultural dentro de Gravatá, cidade que tem vocação turística e natural, que está no calendário do Nordeste e do Brasil”, destacou o escritor.

Viviane Facundes agradeceu a escolha de Gravatá como sede do Centro de Estudos: “Fico muito feliz em saber que nossa cidade conta com um importante equipamento cultural como este. Em conversa com Antônio Campos, agradeci em nome do prefeito Padre Joselito, que não pôde estar presente, e destaquei que nossa gestão está aberta a parcerias futuras para que possamos promover o acesso de toda população a este rico e vasto acervo”, finalizou a primeira-dama.

O Centro de Estudos Ibero-Brasileiro Antônio Campos está localizado no prédio do Instituto Asa Branca, na Avenida Cícero Batista de Oliveira, 4960. (https://instituto-asa-branca.ueniweb.com/#header)

Fotos: Marcone Barros (SECOM)


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS