Gravatá vive dia histórico com cerimônia pela autonomia da mobilidade da cidade com integração ao Sistema Nacional de Trânsito 

Publicado em 24 de setembro de 2021, por Ana Paula | Categoria: Destaque

Solenidade aconteceu nesta sexta, 24 de setembro, com diplomação dos guardas municipais que cuidarão do tráfego da cidade 

 

A Prefeitura de Gravatá realizou, nesta sexta (24), no auditório da Escola Técnica Estadual – ETE José Luiz de Mendonça, solenidade para a entrega do relatório técnico e diploma pela integração do trânsito de Gravatá ao Sistema Nacional de Trânsito e a diplomação dos guardas municipais que cuidarão do tráfego da cidade a partir de então. 

A Municipalização do Trânsito de Gravatá teve sua publicação na portaria 987/2021, de 27 de agosto de 2021, que garante a autonomia da cidade nesta área e dá ao município poder de sinalizar, controlar e multar. 

Estavam presentes secretários municipais, executivos, procuradores de Gravatá, coordenadores e os vereadores Cabritinha, Leandro do Transporte Alternativo, Nego Suíno, Neném de Uruçu e Zé da Saúde.  

Na ocasião, foram entregues premiações para os alunos que fizeram desenhos e foram nomeados Amigos do Trânsito, uma campanha, em parceria com a Secretaria de Educação, que contou com a participação de 312 estudantes de Gravatá.

O 1º lugar ficou com Annelise Monteiro, aluna do 2º ano da Escola Capitão José Primo de Oliveira e ela ganhou uma bicicleta doada pelo vereador Prequé. O segundo lugar foi para Enya Mirella Felix de Lima, que estuda no 5º ano da Escola Municipal Monsenhor José Elias de Almeida. Ela ganhou um tablet que foi doado pelo vereador Cabritinha. E o terceiro colocado foi o estudante Samuel Henrique da Silva Alves, de 9 anos, da Escola Maria Alice da Veiga Pessoa, que ganhou um momento de lazer no Hotel Portal de Gravatá.

 

Walker Barbosa, presidente do Conselho Estadual de Trânsito de Pernambuco (Cetran-PE), falou sobre a certificação do município. “Gravatá teve que cumprir uma série de normas para ser integrado ao Sistema Nacional de Trânsito e precisou montar uma estrutura de logística e operacional e, ao final disso tudo, o Cetran, que é responsável por essa homologação, veio ao município para fazer uma vistoria técnica e verificar se todos os requisitos estavam contemplados. A partir daí, certificamos através da entrega da certificação, mandamos nosso relatório para o Denatran, que é a Secretaria Nacional de trânsito, e a partir do nosso aval é feita a integração do município ao Sistema Nacional de Trânsito. Desde janeiro fomos procurados pelo município de Gravatá e agora esse processo se conclui. Gravatá foi ágil, diligente nas providências e a gente conseguiu chegar nesse momento que é um marco, mas esse não é o fim. A partir de agora, esse conjunto de providências tem que se tornar efetivo, o trânsito passa a ser responsabilidade do município e precisa ter condições de prover meios para que isso aconteça da melhor forma possível “. 

 

O diretor do Departamento Municipal de Trânsito e Transportes de Gravatá, José Agostinho, falou como  será a atuação a partir de agora. “A parte burocrática foi atendida, então agora nos resta a prática. Nós estamos com os projetos prontos e esperando que a prefeitura nos passe as sinalizações. No momento em que a prefeitura comprar a sinalização, que passar para o departamento, nós vamos agir na prática e fazer tudo o que precisa ser feito em termos de sinalização e Gravatá”. 

 

O secretário de Segurança e Defesa Civil de Gravatá, Major Gilmar Oliveira, falou sobre o processo de municipalização do trânsito. “Foi um processo longo, difícil de ser feito, mas graças ao apoio do prefeito, com o apoio das outras secretarias, o empenho da Secretaria de Segurança e da Diretoria de Trânsito, nós conseguimos a municipalização do trânsito que foi efetivada hoje com a entrega do registro pelo presidente do Cetran-PE”.

 

O deputado estadual Waldemar Borges esteve presente na solenidade e falou sobre a importância desse processo para a cidade. “Gravatá está correndo atrás do tempo perdido. Algumas providências e iniciativas da prefeitura que já deveriam ter sido tomadas há algum tempo, ou por incompetência, ou por falta de interesse da gestão anterior, não foram tomadas. Portanto, a importância da municipalização do trânsito hoje não é apenas a gente colocar um olhar com mais atenção a essa atividade vital na cidade que é o trânsito, algo que tem a ver com mobilidade e qualidade de vida. A importância é também a gente constatar que a gente está tirando da gaveta, dos discursos, do papel um bocado de demanda que a cidade fazia algum tempo e que não eram cumpridas e atendidas. Essa gestão está tendo esse papel também de correr atrás do tempo perdido para que Gravatá possa dar um passo à frente no futuro”.  

 

O vice-prefeito de Gravatá, Júnior Darita, disse que “é um compromisso da gestão e faz parte do nosso Plano de Governo na campanha. Ainda ano passado, apresentei o prefeito Joselito ao presidente do Cetran-PE, Walker, e a gente já tratava das questões da integração do município ao Sistema Nacional de Trânsito e dos seus benefícios. Todos sabemos que o trânsito conturbado de Gravatá atrapalha o desenvolvimento, o turismo, o comércio, atrapalha a vida das pessoas de uma maneira geral. Precisamos de você, gravataense, e você que nos visita para juntos conseguirmos as melhores soluções e entregar os melhores resultados para Gravatá. É uma satisfação participar desse momento, sabemos as dificuldades que teremos à frente, mas vamos enfrentá-las com o gravataense”.

 

O prefeito de Gravatá, Joselito Gomes, falou como esse ato marca a história da cidade.  “Um momento assim foi muito desejado e esperado pela população de Gravatá. A partir de agora, o município de Gravatá vai ser responsável pelo seu trânsito e estaremos sempre atentos às necessidades e a população também trazendo suas sugestões, indicações, porque queremos o melhor, trazendo sempre segurança, facilitando o ir e vir das pessoas, de modo que estaremos encontrando as soluções e as saídas para os problemas que temos no momento, porque o nosso compromisso é com as pessoas”. 

 

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)

 


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS