Município realiza ação pelos 31 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente

Publicado em 18 de agosto de 2021, por Ana Paula | Categoria: COMDICA

O Projeto tem a finalidade de levar o conhecimento da importância e dos direitos do ECA à população gravataense

Nesta terça-feira (20), alunos que participam do Projeto Vez e Voz realizaram uma ação pelos 31 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), no CAIC.

Esta mobilização é em parceria com o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA) junto à Secretaria de de Educação, com contribuição do Itaú.

Os alunos da rede municipal de ensino que fazem parte do Projeto Vez e Voz passaram por um processo de especialização e aprendizado sobre todo o estatuto e viram a necessidade de repassar todo conhecimento para que as pessoas fiquem cientes dos seus direitos e fossem lutar por eles em seu cotidiano. A preparação desses 20 alunos foi realizada pelos orientadores Josefa Silva, que também é pedagoga e integrante da Pro Ludus, e Wellington Lúcio, professor e integrante da Fábrica de Cultura, e pelo coordenador do Projeto Vez e Voz, Alberis Luís.

Então, todos abraçaram a causa e com cartazes e todo o conhecimento adquirido repassaram à população a importância do ECA, o seu significado, o que está por trás e quais os direitos das crianças e adolescentes e também de como os mesmos serão cobrados.

A participante do Projeto Vez e Voz, Ghessica Natyelly, sente um toque especial realizando esta ação: “Então, a gente está aqui trazendo esse conhecimento, ajudando as pessoas a saberem mais dos seus direitos, o que eles necessitam e me faz sentir realizada. É um passo, por mais que seja pequeno, mas com uma parcela de importância muito grande para melhoria da nossa convivência”, disse.

Para o coordenador Alberis Luís esta ação é de suma relevância: “Dia 13 de julho se comemora os 31 anos do Estatuto da Criança e Adolescente, e nós do Projeto Vez e Voz estamos na escola do CAIC para apresentar a população este Estatuto, falando isso a população para que elas entendam o que significa e como cobrar esses direitos. Vocês podem ver aqui que são adolescentes que estão conversando com outros adolescentes, com outras crianças e com as famílias sobre os seus direitos. Nada mais interessante do que outros adolescentes falando sobre o ECA”, falou.

Vale destacar que a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Assistência Social e Juventude, através do Programa Criança Feliz, em parceria com o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA), sabe a relevância do ECA e proporcionou, no dia 13 de julho, um momento de ensinamentos sobre o Dia do Estatuto que completou 31 anos de muitas lutas, conquistas, evoluções ao longo desses anos.

Reportagem: Mathilde Souza

Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM) 


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS