Prefeitura de Gravatá realiza cadastramento dos imóveis do bairro Porta Florada

Publicado em 20 de agosto de 2021, por Mathilde Souza | Categoria: Assistência Social e Juventude

Ação é parte do Programa Moradia Legal e contemplará 400 famílias do bairro

Uma força tarefa formada por profissionais das Secretarias de Assistência Social e Juventude e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, juntamente com a Procuradoria Geral do município, iniciaram, nesta quinta-feira (29), visitas às casas do bairro Porta Florada para que seja formado um cadastro destes imóveis, até então irregulares.

Com a finalidade da regularização fundiária e emissão de títulos de posse aos donos dos imóveis, o Programa Moradia Legal, parceria da gestão municipal com o Ministério do Desenvolvimento Regional, levará dignidade a esses gravataenses que, por viverem em imóveis não regularizados, tinham que conviver com o medo de serem desapropriados de seus lares. No entanto, pensando na qualidade de vida dos gravataenses e honrando o compromisso assumido, a gestão do prefeito Padre Joselito Gomes não tem medido esforços para entregar a posse definitiva a esses munícipes.

A moradora e dona de casa Angélica Ferreira fala sobre a importância do programa. “Pra mim vai representar tudo, porque isso aqui foi a gente que invadiu, aí a gente tinha medo que os outros prefeitos nos tirassem, mas graças a Deus agora a gente vai receber a posse, aí é uma garantia de que a gente não vai sair da moradia da gente. Pra mim significa tudo, graças a Deus e ao prefeito Padre Joselito que está dando essa posse à gente. Está sendo maravilhoso, eu só tenho a agradecer.”

O coordenador do Programa Moradia Legal, Renné Gonçalves, fala sobre esta etapa do programa. “Hoje a gente inicia a divisão aqui do Porta Florada em quadras e lotes e também o cadastro dessas pessoas que estão morando nessas quadras e lotes que estão sendo divididos, para que a gente tenha um direcionamento de como vai ser feita toda a execução dessa regularização fundiária. Por conta da pandemia nós tivemos alguns problemas e em até outubro ou novembro estaremos entregando esses títulos de propriedade das pessoas do Porta Florada, um pedido do Padre Joselito, que tem essa preocupação com as pessoas, de garantir dignidade, segurança, então ele nos ordenou e nós estamos aqui fazendo esse trabalho.”

Reportagem: Filipe Vasconcelos

Fotos: Marcone Barros (SECOM)


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS