Programa Saúde na Escola chega ao Sítio Caranguejo e beneficia as crianças da região

Publicado em 10 de novembro de 2021, por Mathilde Souza | Categoria: Destaque

Gestão do prefeito Joselito Gomes proporciona a concentração de alguns serviços relacionados à saúde das crianças da zona rural de Gravatá

 

Nesta quarta-feira (10), a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, proporcionou um momento de valorização da saúde das crianças do Sítio Caranguejo, no distrito de Uruçu-Mirim.

 

O Programa Saúde na Escola (PSE) chegou à Escola Espírito Santo Divino, com o objetivo de desenvolver atendimentos em várias áreas de saúde como avaliação nutricional, teste de acuidade visual, atualização do cartão da vacina, administração de vermífugo, triagem de saúde bucal e acompanhamento com assistente social.

 

A ação também tem a contribuição do Programa Crescer Saudável, que tem o intuito de prevenir a obesidade infantil em crianças menores de 10 anos.

 

A partir das avaliações feitas pela equipe, se houver alguma alteração em sua normalidade, as crianças são encaminhadas a consultas, de forma individual, com especialistas para realização de exames mais específicos e tratamento adequado.

 

Janaina de Melo, é agricultora e levou sua filha para o atendimento e disse: “Eu achei muito interessante, eu achei uma coisa ótima porque como a gente mora aqui no sítio a gente tem dificuldade de deslocar para a rua e tendo aqui mais perto foi melhor, deu para vir a pé, para quem não tem transporte e foi melhor. Atualizou, tinha vacina dela que estava atrasada e eu não sabia, colocou em dia e ajuda bastante o povo da zona rural. Apesar de nunca ter tido, dessa vez foi excelente”.

 

Gabriela Santos, que é coordenadora do PSE, explica que: “Nós estamos aqui na escola para desenvolver as atividades do Programa de Saúde na Escola. Estamos concentrando aqui alguns serviços para ofertar todas as crianças daqui e do território. Estamos também com a assistente social para qualquer demanda espontânea, tirar dúvida sobre alguma documentação e ela já faz a orientação no momento. Após passar por todo esse circuito de atendimento, se for identificado alguma necessidade de algum acompanhamento individual, de realização de algum procedimento, a gente vai fazer esse agendamento e dar o retorno através do agente comunitário de saúde para que os pais possam ir com a criança até o postinho de saúde de Uruçu-Mirim e dar continuidade ao atendimento que foi identificado”.

 

O PSE já passou por outras localidades da zona rural de Gravatá, como Lagoa do Fernando, Uruçu-Mirim, Avencas, Russinhas e Mandacaru.

 

Reportagem: Mathilde Souza

Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)


QUADRO DE AVISOS


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS