USF de São Severino tem palestra sobre Câncer de Mama pelo Outubro Rosa

Publicado em 22 de outubro de 2021, por Ana Paula Figueirêdo | Categoria: Destaque

Momento teve participação das moradoras do distrito e contou com sorteio de brindes ao final da palestra sobre a doença 

O Posto de Saúde da Família do distrito de São Severino recebeu ações pelo Outubro Rosa na manhã desta sexta-feira (22).

A unidade recebeu os moradores do local, em sua maioria formados pelo público feminino e esclareceu tudo sobre a prevenção ao câncer de mama, a enfermidade que mais mata mulheres no mundo. 

Doutor André Pessoa foi um dos palestrantes, além da enfermeira chefe do posto, Amanda Gabriela. 

Após a palestra, houve sorteio de brindes para as pessoas que participaram da ação. 

Damiana Maria Alves é uma das Agentes Comunitárias de Saúde de São Severino e ela falou sobre a ação. “É muito importante esse tipo de ação aqui para chamar atenção das mulheres sobre o Câncer de Mama. A gente preparou tudo com muito carinho e queremos que todas saiam daqui com consciência que deve se cuidar, amar-se e a gente está aqui à disposição para atender todas. Elas se arrumam, vem pra cá para ver o que tem para elas e elas gostam muito. É importante que a Prefeitura faça esse tipo de trabalho e acho que ultimamente as pessoas têm participado bem dos nossos eventos”.

 

De acordo com a enfermeira chefe do posto, Amanda Gabriela, “tentamos conscientizar hoje e fazemos esse trabalho todos os dias também, sobre a questão da saúde da mulher, tanto com o preventivo no Outubro Rosa, como o objetivo que é a mamografia. Um dos primeiros passos para a mulher conhecer um Câncer de Mama é realmente fazendo o autoexame. Para ela se conhecer, deve se tocar. No autoexame da mama basta levantar o braço, colocar uma das mãos na nuca e apalpar aos lados da mama até a aréola e quando chegar no bico, aperte para ver se há algum tipo de líquido. Entre 50 e 69 anos, a gente recomenda que a mamografia seja realizada entre um e dois anos, caso não tenha alteração. Caso tenha, procure a unidade de saúde mais próxima para que se possa diagnosticar, passando por uma triagem com a enfermeira, e depois para outro serviço de especialização”. 

 

A administradora distrital de São Severino, Cilene Ferreira, e o secretário de Comunicação Social e Imprensa, Rodolfo Lima, estiveram presentes no evento. 

 

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo 

Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM) 

 


QUADRO DE AVISOS


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS