Marcação para o Centro de Fisioterapia de Gravatá é feita nas USFs

Publicado em 04 de outubro de 2021, por Mathilde Souza | Categoria: Centro de Fisioterapia

Novas medidas têm o intuito de otimizar o fluxo de atendimento ao pacientes do município que precisam de fisioterapia

 

A Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, explica à população gravataense que a partir desta segunda-feira (04) o Centro de Fisioterapia do município adere ao novo formato de marcação.

Com o intuito de otimizar o fluxo de atendimento em fisioterapia no município, a marcação para esse serviço será realizada à nível da Atenção Primária à Saúde. O paciente que possuir encaminhamento médico com solicitação de fisioterapia, deverá comparecer ao posto de saúde da área a qual reside, para realizar uma triagem com a fisioterapeuta da APS, que identificará os pacientes que obedecem ou não aos critérios admissionais para o Centro de Fisioterapia.

 

Lembramos que, os pacientes que residirem em área descoberta devem comparecer ao Posto I.

 

Após triagem, os pacientes que possuem perfil para o Centro de Fisioterapia, serão agendados para início do tratamento de acordo com os critérios de prioridade. Os atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira das 07h às 16h na Rua Dr Régis Velho, Cruzeiro.

 

A mudança de marcação relacionada a esse serviço foi importante para evitar que as pessoas se desloquem de suas casas de madrugada, enfrentando filas para ter direito e acesso ao serviço. Desta forma, é garantido que o paciente seja atendido mais próximo de sua casa. Além de, os quadros agudos serem tratados de formas mais rápidas, favorecendo assim o retorno das atividades o mais rápido possível.

Vale destacar também que, os postos de saúde ofertam serviços de fisioterapia aos pacientes que não foram encaminhados ao Centro de Fisioterapia.

 

Jairo Teixeira, coordenador de Atenção Primária em Saúde de Gravatá, explica que “a partir de hoje esse fluxo tem um novo sentido, a gente orienta a população a procurar seu posto de saúde. A população que não tem posto de saúde, que é da área descoberta pode procurar o Posto I e se direcionar a recepção para que de fato a gente faça um agendamento e em seguida será feito uma avaliação por um fisioterapeuta.  Então, o fisioterapeuta no seu posto de saúde irá avaliar a sua condição clínica, e se tiver indicação para que ele seja atendido no Centro de Fisioterapia o paciente vem automaticamente já agendado. Caso a indicação não tenha o critério de inclusão para ser atendido no Centro de Fisioterapia, aquele usuário será atendido na sua própria unidade. Então, a depender da complexidade de cada caso, a gente vai filtrar as demandas e orientar o usuário da melhor forma possível”.

 

Rayza Carvalho, coordenadora do Centro de Fisioterapia, fala dos serviços ofertados: “A gente oferta os serviços de traumatologia, ortopedia, reumatologia e neurologia. Nós oferecemos esses serviços todos os dias da semana, de segunda a sexta-feira de 07h às 16h. Esse serviço que agora estamos ofertando para a população, onde nós vamos ter a presença dos fisioterapeutas nos postos de saúde, foi uma iniciativa muito importante  visto que a demanda do Centro de Fisioterapia estava enorme e a partir de agora a gente vai conseguir fazer uma triagem bem específica do paciente e conseguir trazer para cá os pacientes que estão precisando de atendimento fisioterapêutico e que não conseguia atendimento por causa da demanda”.

Reportagem: Mathilde Souza

Fotos: Nilson Silva (SECOM)


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS