Ministério Público e Secretarias Municipais assinam Termo de Cooperação e Integração Operacional

Publicado em 26 de outubro de 2021, por Mathilde Souza | Categoria: Destaque

A parceria desses órgãos vai adquirir forças para fazer a busca ativa e trazer os alunos de volta às escolas

 

Nesta terça-feira (26), aconteceu um momento importante na Secretaria de Educação, onde foi assinado o Termo de Cooperação e Integração Operacional entre o Ministério Público do Estado de Pernambuco, por intermédio da Promotoria de Justiça da Comarca de Gravatá, o Conselho Tutelar, as Secretarias Municipais de Educação, Saúde, Assistência Social e Juventude, e o prefeito de Gravatá, Joselito Gomes.

 

Esses órgãos envolvidos no ato representado pelas autoridades signatárias, comprometem-se a adotar procedimento uniforme de controle do abandono e evasão escolar do município de Gravatá através da Ficha Voltei.

A parceria vai fortalecer ainda mais a gestão para que a busca ativa seja realizada e finalizada com o intuito inicial,  que é  trazer o máximo de alunos para as escolas da rede municipal de ensino e fazer com que o ambiente se torne acolhedor.

Foi apresentado aos presentes um vídeo reflexivo que retrata um pouco do momento vivenciado de desistência dos estudos pelos alunos, além de ressaltar a importância da união de todos para fazer com que os estudantes não desistam da escola e de seu futuro, e que os pais não deixem de lado os estudos de seus filhos.

Também foi exposto dados da participação dos estudantes gravataenses, de forma remota, nas aulas, e isso é bastante positivo, pois mostra que a educação do município está no caminho certo mesmo apesar dos obstáculos causados pela pandemia do COVID-19.

 

Durante a solenidade a mesa foi composta pelo prefeito Joselito Gomes, a primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude, Viviane Facundes, a promotora da Comarca Gravatá, Fernanda Nóbrega, o promotor de Justiça e coordenador do CAO de Defesa de Educação, Sérgio Souto, a secretária de Educação, Irenice Lima (Ninha Professora), a secretária executiva de Saúde, Maria Araújo, o representante do Conselheiro Tutelar, Adilson.

 

De forma breve, Sérgio Souto, Promotor de Justiça e coordenador do CAO de Defesa de Educação, pontuou sobre o Projeto Voltei, que é o projeto de Certificação Oficial Limitadora de Taxas de Evasão e Frequência, a Busca Ativa e a Evasão Escolar. Ele também destaca que a cidade de Gravatá tem realizado um bom trabalho no combate à evasão escolar.

 

“O problema da evasão escolar vem preocupando o Ministério Público ao longo dos anos e mais ainda com a pandemia, que fez com que as escolas paralisassem suas atividades e ficassem só nas atividades remotas. Hoje, tivemos a oportunidade de firmar uma parceria relevante com o município que já vem adotando ações muito positivas e, com esse termo que foi assinado hoje, esse trabalho intersetorial vai ser fortalecido e certamente teremos resultados positivos aqui em Gravatá, diminuindo o percentual de evasão escolar e fazendo com que nossos estudantes retornem às salas de aula, é importante levar essa mensagem a sociedade”, disse Sérgio Souto.

 

A secretária de Educação, Ninha Professora, fala da importância de firmar parcerias: “Estamos aqui hoje firmando esse compromisso entre esses cinco órgãos, mostrar o compromisso que temos com a educação e essa busca ativa, esse trabalho que estamos fazendo na Secretaria de Educação para diminuir a evasão escolar e trazer esse aluno de fato para a escola. E esses cinco órgão estão empenhados nessa luta e nessa busca para que a gente também conte com educação de qualidade. Então, estamos todos engajados e vamos trabalhar sim para trazer esse aluno de volta para a escola”, destaca.

 

 

O prefeito de Gravatá, Joselito Gomes esteve presente na assinatura do Termo de Cooperação e Integração Operacional e comenta sobre esse momento importante: “Hoje na Secretaria de Educação do Município de Gravatá aconteceu um evento muito importante que é a busca ativa daqueles alunos que devido a todo um contexto da pandemia ficaram por muito tempo distante das escolas e agora chega o momento de pouco a pouco retomar a normalidade da educação em nosso município. Assinamos o termo de adesão entre as Secretarias de Assistência Social e Juventude, Saúde, Educação, Conselho Tutelar e Ministério Público. Uma ação conjunta para que essa busca ativa aconteça. E lugar de criança, de adolescente, de jovem é na escola. Não podemos pensar em um futuro, em um progresso, em um desenvolvimento sem educação, por isso precisamos investir pesado em educação, e educação de qualidade, porque o nosso compromisso é com as pessoas”.

 

 

Reportagem: Mathilde Souza

Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)


QUADRO DE AVISOS


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS