Prefeito assina Termo de Autorização para implantação do Programa Mãe Coruja Pernambucana em Gravatá

Tags: , , , , ,
Publicado em 14 de dezembro de 2021, por Rodolfo Lima | Categoria: Assistência Social e Juventude

Ampliação do programa no estado contempla Gravatá na atenção às mulheres e crianças e combate à mortalidade materna e infantil

Desde o início da gestão municipal, o prefeito Joselito Gomes assumiu o compromisso de cuidar das pessoas. Investir em áreas da saúde, educação, assistência social e segurança, entre outros, contribui na melhoria da vida das pessoas.

 

Nesta terça-feira (14) o prefeito, Joselito Gomes, junto aos secretários municipais de Saúde, José Edson e de Assistência Social e Juventude, a primeira-dama, Viviane Facundes, recebeu a visita da Diretora Geral do Programa Mãe Coruja Pernambucana, Ana Sofia Costa e assinou o termo de autorização para implantação do programa no município de Gravatá.

Com o foco no cuidado e atenção às mulheres e crianças, o Programa Mãe Coruja Pernambucana tem como objetivo apoiar o município para a redução da mortalidade materna e mortalidade infantil. Assim como também melhorar as condições de vida da população de maior vulnerabilidade social.

 

Ana Sofia Costa destaca a ampliação do programa e a vinda para Gravatá: “Diante de uma crise econômica nacional que estamos vivendo desde 2016 e da crise sanitária que começou no ano passado, com a pandemia da Covid-19, o Governo do Estado está muito preocupado com que a gente não aumente e não retroceda para os índices altos de mortalidade materna e infantil. Por isso, resolveu ampliar o programa em mais 45 municípios, para que a gente totalize 150 municípios com o Programa Mãe Coruja. Em Gravatá ele vai trabalhar fazendo uma articulação de políticas públicas entre: saúde, assistência social, educação, direitos da mulher, cultura e desenvolvimento agrário. Assim como também ações de qualificação profissional. Tanto para as mulheres que estão gestantes, quanto para as mulheres que estão acompanhando seus filhos, porque o Programa Mãe Coruja ele também faz o acompanhamento da criança na primeira infância”.

 

Com a assinatura do termo, o próximo passo é implantar o “Canto Mãe Coruja”, com previsão para iniciar em março de 2022. O Governo do Estado faz a lotação da equipe técnica do Programa Mãe Coruja que irá atuar em Gravatá. A equipe é formada por profissionais de nível superior com formação em saúde.

É de grande importância a articulação entre as secretarias de Saúde, Assistência Social e Juventude, Educação e da Mulher, porque o cadastro da mulher gestante é a porta de entrada dela no programa. Ela será acompanhada mensalmente durante toda gravidez, por meio de articulações com os profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS), dos CRAS e da Educação. Em seguida, a criança é acompanhada até a sua primeira infância.

 

O prefeito Joselito Gomes relata como o município recebe o programa: “Gravatá recebe com muita esperança e, ao mesmo tempo, tendo aquela consciência de que através do projeto Mãe Coruja estamos correspondendo aquelas necessidades que as pessoas estão apresentando no dia a dia, de modo especial, aquelas políticas públicas que precisam mais e mais serem implementadas em relação às mulheres, crianças, às várias situações de vulnerabilidade em nosso município. Este projeto Mãe Coruja vem casar com as necessidades apresentadas e, assim sendo, tenho a certeza de que estaremos colhendo resultados positivos em nosso município. Porque nosso compromisso é com as pessoas”.

Reportagem: Rodolfo Lima
Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)

 


DESTAQUES


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS