Programação do Agosto Lilás chega ao distrito de São Severino

Tags: , ,
Publicado em 09 de setembro de 2021, por Filipe Vasconcelos | Categoria: Mulher

O momento contou com palestras que trataram sobre assuntos relevantes para a mulher gravataense

 

 

Dentro da programação do Agosto Lilás, a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria da Mulher, alcança os quatro cantos do município com informação referente aos direitos das mulheres.

Na manhã desta sexta-feira (27), a secretária da pasta, Ester Gomes, esteve na Unidade Básica de Saúde de São Severino/Limeira, na Zona Rural, para levar conhecimento e falar sobre a importância desse evento, que lembra a data da criação da Lei 11.340/06, a Lei Maria da Penha.

Na ocasião, a enfermeira da UBS, Amanda Gabriela, foi palestrante e ela falou sobre o que foi abordado na conversa. “A gente falou um pouco sobre o Agosto Dourado, que é promovido pela Secretaria de Saúde, que trata sobre o aleitamento materno, e destacamos vários cuidados da mulher rural, para ela procurar tratamento, pois ela cuida de todos, da terra, menos do solo que é o mais importante, que é o solo delas mesmas. Com isso, o câncer do colo do útero tornou-se o foco da nossa conversa também, principalmente de mulheres entre 18 e 34 anos, com vida sexual ativa, que estamos fazendo uma busca ativa, para que elas possam procurar o posto de saúde, a Clínica da Mulher, e podem contar com a gente, pois estamos sempre aqui”.

Sandrely da Silva é agricultora, tem 21 anos, e foi uma das dezenas de mulheres que participou das palestras. “Achei essas palestras importantes para nos aconselhar e mostrar o caminho caso a gente sofra violência. Essa gestão está dando mais apoio, as consultas estão ótimas, estou gostando muito”.

A secretária da Mulher de Gravatá, Ester Gomes, falou sobre o papel da gestão pública de levar esse conhecimento aos quatro cantos da cidade. “A temática da violência contra a mulher é importante, porque ela precisa dessa visibilidade, ser discutida, falada, apresentada, e é isso o que a gestão do prefeito, Padre Joselito, está fazendo através da Secretaria da Mulher, e digo que esta unidade de saúde está pronta para levar a informação sobre o tema, junto com sua equipe. Reafirmamos que violência contra a mulher não tem desculpa, tem lei”.

Ester, que estava acompanhada pela estagiária de Direito da secretaria, Amanda Carvalho, fala sobre os canais que a mulher pode procurar caso sofra esse tipo de violência. “Temos a própria Secretaria da Mulher, que fica no Paço Municipal e é um dos organismos que recebe essas demandas, o CREAS, que é o Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Delegacia de Polícia, Patrulha Maria da Penha, que foi recém instalada no município, e essa rede de proteção que estamos cada vez mais fortalecendo e entendendo a importância para que as mulheres se sintam acolhidas e tendo seu direito reconhecido”.

A administradora distrital de São Severino, Jocilene Maria Ferreira, também esteve presente no evento.

 

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Marcone Barros (SECOM)


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS