Setembro Amarelo chega em Mandacaru nesta quinta (23) e fala sobre prevenção ao suicídio

Publicado em 23 de setembro de 2021, por Ana Paula | Categoria: Destaque

Campanha está sendo trabalhada, ao longo do mês, nos quatro cantos de Gravatá

 

A Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, está promovendo ações na cidade pelo Mês de Prevenção ao Suicídio Setembro Amarelo – Uma Campanha pela Vida. 

Nesta quinta-feira (23), a campanha conversou sobre o assunto em ação promovida pela Unidade de Saúde da Família do distrito de Mandacaru, na Zona Rural de Gravatá, por meio da coordenação de Território. 

Além das dinâmicas, uma mesa cheia de carinho, com bolo, doces e salgados, acolheu todos que participaram da ação, entre funcionários e pacientes que são atendidos pelo posto. Foram oferecidas também massagem relaxante e acupuntura. 

 

A professora Adriana Paula do Nascimento, de 40 anos, foi uma das pessoas que participou da dinâmica de hoje. Ela considerou que “tanto a Prefeitura, quanto toda sociedade está ganhando, pois é a primeira vez que estou vendo tanta gente participando de uma ação como essa. Quanto mais se falar sobre a prevenção ao suicídio, a sociedade ganha. Quantas famílias estão evitando passar por isso com essas informações que estão sendo vivenciadas nos postos de saúde. Estou achando interessante que está sendo tratado na zona urbana e aqui na zona rural também”.

 

De acordo com Gilvânia Pereira, assistente social do Centro de Atendimento Psicossocial de Gravatá – CAPS, os atendimentos do CAPS II aumentaram com as ações do Setembro Amarelo e ela fala sobre o que tem sido falado ao longo do mês. “Trabalhamos a cada dia em uma unidade de Gravatá, com equipes realizando ações voltadas para o tema. Estamos vendo que essa iniciativa está dando certo, trabalhando em toda cidade, como foi o convite aqui do PSF de Mandacaru. As pessoas devem colocar na cabeça que a prevenção é tudo e nós que somos do CAPS estamos ali para acolher a população. Vemos que as pessoas estão adoecidas mentalmente, principalmente depois da pandemia, e vimos que as pessoas estão precisando de acolhimento. Estamos sempre articulando junto à rede, fazendo nosso trabalho do CAPS”. 

 

De acordo com a enfermeira e coordenadora do Posto de Saúde da Família de Mandacaru, Ediana Accioly, “nossa intenção foi conversar com o público que atendemos que a prevenção ao suicídio é um assunto que devemos tratar ao longo de todo o ano. Percebemos que a pandemia, com grande número de pessoas em casa, trouxe muita preocupação e muita gente precisa de ajuda. Por isso nós, da equipe do PSF de Mandacaru, resolvemos fazer essa ação, convidando uma equipe do CAPS, para fazer uma dinâmica com todos. Reforço que estamos de braços abertos para dar esse suporte a quem precisar a qualquer momento”.

 

O deputado estadual Waldemar Borges esteve presente na ação e visitou as dependências do posto. Ele considerou que “achei muito organizado, bem conservado, a gente aproveita o Setembro Amarelo para não só participar e apoiar, mas parabenizar pelas atividades que estão sendo realizadas ao longo desse mês e me aproximar mais da rede de postos de saúde que existem em Gravatá. Todos sabem que ela funcionava de uma maneira extremamente precária, faltando profissionais, com seus equipamentos também precarizados e hoje, o que vemos, são postos completos, prestando um serviço importante à população, recebendo as pessoas com dignidade, num ambiente bem mantido, e tudo isso nos dá a certeza de que Gravatá está no caminho certo. A gente espera e todos nós lutamos para que vá melhorando cada vez mais”. 

 

A ação desta quinta (23) teve a presença da coordenadora de Território, Solange Espíndola, da ouvidora do SUS de Gravatá, Clemilda Lira, e do administrador distrital, Roberval Ferreira. 

O PSF de Mandacaru funciona de segunda a sexta, das 8h às 16h, sem intervalo para almoço.

 

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Ednaldo Lourenço (SECOM)

 


QUADRO DE AVISOS




ÚLTIMAS NOTÍCIAS