Prefeitura de Gravatá realiza II Simpósio da Primeira Infância

Tags: , , , , , ,
Publicado em 09 de agosto de 2022, por Ana Paula Figueirêdo | Categoria: Assistência Social e Juventude

Encontro contou com a participação de profissionais do município que trabalham com essa faixa etária 

 

 

 

Como parte da programação do Mês da Primeira Infância em Gravatá, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social e Juventude, realizou o II Simpósio voltado para o tema, na tarde desta terça (09), no auditório da Secretaria de Educação.

 

 

A palestrante, Amanda Monteiro, é pedagoga e atualmente é coordenadora de Educação Inclusiva da Prefeitura de Gravatá. Ela tratou do tema “Como Trabalhar a Inclusão na Primeira Infância” com a apresentação de um vídeo em que estudiosos trabalharam em um experimento realizado com crianças na Rússia, mas que infelizmente é uma realidade em todo o mundo: a exclusão.

 

 

Além disso, ela apresentou formas de chegar na criança com deficiência física e cognitiva de maneira assertiva e que estimule o desenvolvimento dela.

 

 

Amanda Monteiro fala sobre o papel de cada um desses profissionais que participou da palestra na inclusão da criança durante a primeira infância. “Hoje nós temos a alegria de contar com as creches que atendem as crianças da primeira infância, um olhar especial da gestão do prefeito Joselito para essa faixa etária e ter os visitadores para ouvir um pouco, ter mais conhecimento e informação sobre como cuidar, estimular as crianças com deficiência e transtorno, desde a tenra idade, vai possibilitar com que quando eles cheguem até a creche, até a escola, eles tragam essa bagagem da estimulação precoce. E vão poder orientar os pais, os cuidadores dessas crianças para estarem estimulando elas em casa. Alegria por ter partilhado um pouquinho desse conhecimento com os visitadores da primeira infância e alegria por saber que as crianças estão chegando nas creches, que estão bem equipadas, bem preparadas, com profissionais qualificados, para dar continuidade a esse trabalho que começa em casa e dá seguimento na escola e na creche. É um trabalho maravilhoso que está só crescendo e isso é compromisso”.

 

O coordenador do Programa Criança Feliz de Gravatá, Josinaldo Leão, comentou sobre o trabalho realizado pelo programa com a inclusão de crianças que têm qualquer tipo de deficiência. “O programa está em plena funcionalidade aqui e nós atendemos tanto crianças de 0 a 3 anos, como as de 0 a 6 anos que estão inseridas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) e essas crianças fazem parte de todo processo de inclusão. Nós trouxemos hoje os visitadores, coordenadores de CRAS e equipe técnica para fazer parte dessa palestra para que possam entender que realmente é essa inclusão. Quando os visitadores chegam nas casas, que fazem todas as atividades com brinquedos, fantoches, contação de história, voltada para a família, é importante ressaltar que o visitador é quem desenvolve essas atividades com as crianças e isso vai ser a construção do vínculo familiar. Graças ao prefeito, Joselito Gomes, e a secretária de Assistência Social, Viviane Facundes, por todo o apoio, é que a gente tem essa inclusão acontecendo no nosso município e do Programa Criança Feliz”. 

 

Como prova da seriedade com que o Programa Criança Feliz é trabalhado em Gravatá, a Secretaria de Assistência Social e Juventude foi convidada para participar de um evento dentro do Mês da Primeira Infância de Pernambuco, que será realizado em Recife, nos próximos dias 24 e 25.

 

 

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo 

Fotos: Anderson Souza (SECOM)

 


DESTAQUES


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS