Prefeitura inicia castração de animais em parceria com veterinários de Gravatá

Tags: , , ,
Publicado em 08 de setembro de 2021, por Filipe Vasconcelos | Categoria: Assistência Social e Juventude

A ação contempla, neste primeiro momento, 50 felinos de criadores que resgatam animais nas ruas e tem como objetivo reduzir a reprodução dos mesmos

 


A Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Saúde, sob a coordenação da Vigilância em Saúde, em parceria com veterinários do município, deu início, neste domingo (22), a uma ação de castração de animais que contemplará, neste primeiro momento, 50 felinos de criadores que resgatam animais nas ruas e que possuem um grande número em suas residências, tendo como objetivo reduzir a reprodução dos mesmos.

Foi dado um primeiro e grande passo à ação, que deverá ser contínua no município, com a pretensão de ampliar a quantidade de animais castrados por mês e estender também aos animais de rua. Esse serviço de castração permitirá manter o controle populacional dos animais e, consequentemente, de doenças. A ação é realizada pela equipe de Vigilância em Saúde.

Os veterinários Rodrigo Torres e Sthênio Gonçalves dedicaram a manhã deste domingo para realizar a ação.

Rodrigo destacou a parceria com a Prefeitura para que esse ato fosse realizado. “Nós apresentamos um projeto para a Prefeitura de controle de natalidade e estamos fazendo esse trabalho que pessoas de baixa renda, para atingir também esses animais de rua, porque nós acompanhamos no dia a dia da clínica a necessidade de um trabalho do setor público para ter esse controle. O nosso prefeito Padre Joselito, assim que apresentamos o projeto, abraçou a causa com toda boa vontade, amor e carinho que ele tem pelos animais e disse que iria acontecer. A gente acreditava que demoraria um tempo para ser atendido, mas fomos chamados para uma nova reunião com ele e os profissionais da Prefeitura responsáveis para que esse ato acontecesse hoje. Esse é o primeiro passo, começamos hoje e pretendemos expandir por muito tempo e realmente atingir esses animais que tanto precisam da nossa atenção”. 

De acordo com a coordenadora de Vigilância em Saúde, Tárcila Saborido, “esse é um primeiro passo bem importante que foi dado pela gestão, a partir do prefeito Padre Joselito, com a seriedade e competência, com a preocupação do controle da população animal, consequentemente dando qualidade de vida a esses criadores também”.

A secretária executiva de Saúde de Gravatá, Maria Araújo, falou como foi possível chegar a esse dia memorável. “Houve várias reuniões no gabinete do prefeito, com essa preocupação do cuidado com os animais que a gestão está comprometida, e chegamos nessa ação de castrar os animais. Com isso, vai evitar a proliferação de filhotes que, na rua, estarão sujeitos a maus tratos, fome, ao abandono, doenças e infelizmente a maldade humana. Temos mais é que parabenizar o nosso prefeito Padre Joselito por mais essa ação comprometida com os animais e com as pessoas”.

A primeira-dama e secretária de Assistência Social e Juventude de Gravatá, Viviane Facundes, acompanhou algumas castrações, em especial da gatinha Mel, que foi adotada na sede da secretaria que ela está a frente. “Pensando no bem-estar animal, o prefeito Padre Joselito sempre com esse olhar diferenciado que tem para dar apoio não só às pessoas como aos animais também, então fez a parceria com dr. Rodrigo e dr. Sthênio e iniciamos, neste domingo (22), esse ato de castração aqui em nossa cidade. Isso vai fazer muito bem, principalmente para os bichinhos que estão aí precisando do nosso apoio e da nossa atenção. O prefeito está de parabéns porque está atendendo a mais um pedido da população e estamos conseguindo aos poucos e sempre, porque o nosso compromisso é com as pessoas e com os animais”.

O prefeito, Padre Joselito Gomes, disse: “Dias atrás, recebi os veterinários dr. Rodrigo e dr. Sthênio no gabinete e eles apresentaram uma proposta que foi avaliada, discutida, até que chegamos ao denominador comum que era possível dar o primeiro passo para efetivar um trabalho que já consta em nosso plano de governo e foi um pedido constante da população: o cuidado também com os animais que vivem na rua, ou aqueles que as pessoas criam em casa. Hoje, começamos com a castração dos felinos e queremos ampliar esse trabalho porque a população de Gravatá é sensível a essa causa. Desde o início da gestão temos a preocupação de acolher e ouvir pessoas sobre a situação desses animais em nossa cidade e aqui estamos de forma concreta dando este primeiro passo com a determinação e disponibilidade dos veterinários”.

 

Reportagem: Ana Paula Figueirêdo

Fotos: Nilson Silva (SECOM)


QUADRO DE AVISOS


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS