CIG recebe ação pelo Setembro Amarelo

Tags: , , ,
Publicado em 21 de setembro de 2021, por Filipe Vasconcelos | Categoria: Destaque

Equipe do CAPS realizou dinâmicas para melhorar a saúde emocional dos participantes

 

 

O mês de setembro marca a luta contra o suicídio. Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas cometem suicídio no mundo, dados que poderiam ser amenizados com atitudes diárias de acolhimento e tratamento de pessoas com doenças e distúrbios psiquiátricos, como transtorno do estresse pós-traumático, depressão, síndrome do pânico, dentre outras.

 

 

A gestão do prefeito Joselito Gomes, sensibilizada e voltada à saúde dos gravataenses em todos os seus âmbitos, tem trabalhado com dedicação e eficiência para levar o melhor aos munícipes. Por isso, o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS, órgão vinculado à Secretaria de Saúde, tem levado, ao longo de todo este mês, as atividades que desenvolve na unidade a diversos setores da sociedade.

 

Na última segunda-feira (20), o Centro de Inclusão de Gravatá – CIG recebeu a equipe do CAPS, num momento em que os usuários, pais e profissionais puderam trabalhar, com técnicas simples, suas emoções.

 

 

 

A dinâmica contou com a participação de Anselmo Monteiro, coordenador-fundador do Comitê da Ação da Cidadania – Pernambuco Solidário, que aplicou uma técnica de meditação indiana, Deeksha, que diz que “propusemos o início de um processo com as meditações e começamos pela mais simples delas, o Deeksha, que pode ser coletiva, é uma meditação rápida e que tem um efeito, assim, imediato, comprovado. Então esse somatório de coisas foi proposto à Gravatá e o Setembro Amarelo foi um feliz coincidência.”

 

 

 

 

Juliana Alves é coordenadora do CIG e participou da dinâmica. Para ela é “uma experiência totalmente inovadora, para nós aqui do CIG, e de uma extrema importância, onde nós vivenciamos um momento único, um momento muito importante para as famílias que fazem parte aqui do CIG, através das terapias que eles trouxeram, dos profissionais e das temáticas que nós realizamos aqui.”

 

 

Envolvida com o projeto, a pedagoga do CAPS, Patrícia Silva, enfatiza a importância da aplicação das técnicas utilizadas na dinâmica. “Nós realizamos técnicas simples e importantes para o bem-estar de todos eles. A gente trouxe a informação do que é a campanha do Setembro Amarelo. A gente também deixou um espaço onde eles pudessem experimentar, com arteterapia, esse sentimento, essa liberdade de expressão, onde também a gente aplicou uma técnica com música e todos puderam constatar o bem-estar e assim a gente segue promovendo e lembrando a todos que Setembro Amarelo é setembro todo dia. Viver sempre vale a pena.”

 

Reportagem: Filipe Vasconcelos
Fotos: Anderson Souza (SECOM)


QUADRO DE AVISOS


MATÉRIAS E PUBLICAÇÕES




ÚLTIMAS NOTÍCIAS